symbol Notícias
4
setembro 2019

Ética Profissional do CC

Do ponto de vista etimológico, Ética, do grego ethos, constitui algo característico dos costumes, modos habituais de atuar ou seja, da própria natureza ou a capacidade natural de o homem se portar desta ou daquela maneira.

Em latim o termo correspondente é mos (costumes), de onde deriva o termo moral, que tem o mesmo significado que ética.

Falar da Ética Profissional de um Contabilista Certificado, implica fazer uma abordagem às condicionantes que intervêm e influenciam a entidade em que estiver envolvido.

Isto ocorre através de processos complexos em que a Ética tem, por vezes, um lugar mal definido, mas nesta profissão determinam o comportamento de muitas entidades, principalmente pelas informações que elas transmitem.

Perante este assunto, devemo-nos reger por um código deontológico que é comum e que se encontra definido em Portugal, tendo um caráter intracomunitário e internacional.

Este conjunto de regras pretendem criar algumas limitações, sem as quais pode-se incorrer em situações de corrupção e falta de transparência. Tudo aquilo que vai contra a moral é um crime contra a deontologia. O código deontológico é então uma extensão da Ética.

Assim é muito fácil confundir moral com ética, moralmente devemos organizar, tratar toda a informação com transparência e fieldade e seguindo uma conduta a que se obriga a própria profissão, ou seja, os seus princípios éticos.

Face ao exposto, os profissionais desta área devem agir, acima de tudo, com dignidade e lisura, obedecendo aos seguintes aspetos:

  • à moralidade pessoal conforme a ética universal;
  • à responsabilidade consciente e racional;
  • à justiça;
  • às obrigações;
  • à lealdade com colegas da profissão;
  • às condições: referentes à profissão e referentes aos demais seres humanos.

Autora: Aida Machado - Formadora DUAL