symbol Notícias
11
setembro 2019

Porque o Reconhecimento Importa!

Este ano marca o 39.º aniversário da International Housekeeping Week, que em 2019 é comemorada entre os dias 08 e 14 de setembro.

Esta iniciativa teve a sua génese no início dos anos 80, resultado de uma diretiva da IEHA, associação americana dos profissionais desta área, fundada em 1930. O objetivo da comemoração desta semana é reconhecer o trabalho desenvolvido pelos recursos humanos deste setor. Neste sentido, a Câmara de Comércio e Indústria Luso-Alemã, através do seu serviço de qualificação DUAL, associou-se a esta comemoração e lançou o repto, a vários dos seus parceiros do Algarve, de testemunhar a importância deste departamento nas suas empresas.

Partindo de um ditado popular, Paulo Mesquita, Algarve General Manager da Dom Pedro Hotels & Golf Collection, afirma a importância deste departamento.

“Numa cama bem feita, cliente nela se deitará!
Com esta variante do ditado popular, neste testemunho traduzimos o nosso reconhecimento pelo empenho e pelo carinho com que todas as nossas pessoas, nas suas diversas funções que desempenham no Departamento de Housekeeping, asseguram que os nossos clientes tenham uma estadia num ambiente limpo, confortável e acolhedor, proporcionando um ótimo descanso e bons sonhos. Este é o coração da nossa atividade hoteleira.
Todas e todos estes profissionais que, todos os dias, atuam com gosto e com responsabilidade, executando as suas tarefas com excelência, representam com esta dedicação a missão da Dom Pedro Hotels – proporcionar aos nossos clientes experiências únicas de bem-estar e lazer, criando novas histórias todos os dias.
Bem hajam e Muito Obrigado!

Por seu turno, Rui Nunes, Diretor de Recursos Humanos do AP Hotels & Resorts sublinha a importância do trabalho desenvolvido pelo departamento de Housekeeping na operação de qualquer unidade hoteleira, bem como, a multiplicidade de competências que estes profissionais têm de possuir.

O trabalho desenvolvido pelo departamento de housekeeping é fulcral para uma operação eficaz de qualquer unidade hoteleira, uma vez que tem sob sua responsabilidade a manutenção da limpeza das áreas de acesso dos seus hóspedes. Para que todo o serviço seja realizado de forma exemplar, é necessário possuir diversas competências, entre as quais, organização, planeamento, dedicação, profissionalismo, empenho, trabalho em equipa e sobretudo responsabilidade individual. Este conjunto de competências aliados a um bom ambiente de trabalho, pessoal e condições de trabalho, irão proporcionar uma elevada qualidade do serviço prestado, e portanto proporcionar maior satisfação aos seus colaboradores, que por sua vez será transmitida os seus hospedes.

À semelhança de outros departamentos, é fundamental o housekeeping trabalhar em parceria com os demais departamentos para que possam atingir os objetivos propostos e fidelizar clientes, nomeadamente na gestão diária da limpeza das áreas públicas, dos quartos, da lavandaria/ rouparia, em que é de extrema importância a comunicação entre setores para que possa existir eficiência nas operações, sobretudo com a receção e com os serviços técnicos e de manutenção. Na indústria hoteleira, o core business principal é o alojamento e, portanto, espelha a relevância do departamento de housekeeping, na medida em que é imprescindível a limpeza das áreas de acesso dos seus hóspedes para que se possa prestar um serviço de qualidade. Dado o contexto do housekeeping, é deveras importante a aposta no desenvolvimento dos profissionais deste setor, uma vez que as tarefas/ operações são cada vez mais multidisciplinares e com relações interpessoais.

Na resposta a este desafio, para além do reconhecimento às equipas, houve lugar também à reflexão dos desafios futuros que estes profissionais já começam a sentir, uma vez que o setor da hoteleira e turismo conheceu nos últimos anos mudanças drásticas quer em termos de funcionamento interno, quer no tipo de cliente que recebem. Estas reflexões encontram-se bem patentes no testemunho efetuado por Silvana Pombo, Diretora Geral do Cascade Wellness & Lifestyle Resort.

Hoje em dia, o Housekeeping tem um papel muito mais visível para o cliente no geral. É expectável que um governante tenha a capacidade de receber um cliente, apresentar o Hotel ao cliente, possa fazer aconselhamento do destino, um pouco na ótica do serviço de mordomo e de Customer Service. Deixámos de ter um governante mais invisível para o cliente e passamos a ter um gestor de necessidades do cliente, tais como pedidos especiais no quarto, hora de limpeza definida, entre outros. O contacto com o cliente não passa só pela receção ou Customer Service, mas mais diretamente para o gestor do piso, Floor Manager, que é na minha opinião um termo mais aproximado daquilo que são as funções atuais. As tecnologias também são um grande desafio que se coloca a uma função que até agora se geria muito pelo tradicional. O desafio será encontrar o equilíbrio entre o Housekeeping tradicional, fundamental para a essência da função, e o Housekeeping de futuro, gestor de recursos e de necessidades de um cliente que se quer satisfeito e surpreendido ao ponto de querer sempre voltar.

O que ficou patente em todos os testemunhos dados por estes responsáveis é a importância que estes profissionais possuem nas suas organizações. O profissionalismo, esforço e dedicação que todos os dias estes colaboradores prestam nas suas empresas é de extrema importância, daí ser fundamental o seu reconhecimento em iniciativas como esta.  Desejamos a todos a continuação de uma excelente International Housekeeping Week!!!